Disciplina: Os Segredos Para Ser Consistente Todos os Dias e Realizar Mais Sonhos

Como ter disciplina? Recebo essa pergunta com frequência.

Muita coisa depende dela, não é mesmo? Nossos maiores sonhos dependem da nossa capacidade de agir com disciplina.

Podemos até dizer que o nosso “bem maior”, aquilo que chamamos felicidade, depende, em grande medida, da nossa disciplina.

Mas por que é tão difícil ser disciplinado? Qual o segredo das pessoas disciplinadas? Há um segredo?

Essas são algumas das perguntas que vão orientar nossa investigação sobre o tema.

Neste artigo você aprenderá tudo que precisa para vencer a falta de disciplina ou levar sua disciplina atual para um novo patamar.

Como sempre, vamos explorar teoria e prática em detalhes. Este não é um conteúdo para ser simplesmente “lido”, mas para ser estudado de maneira criteriosa.

Lembre-se: seus sonhos e sua felicidade dependem diretamente da sua capacidade de disciplina, portanto leve esse estudo a sério!

Aqui está o conteúdo que veremos:

Este é mais um guia épico do Valongueiro, escrito para pessoas realmente comprometidas com o seu desenvolvimento pessoal. Aproveite e jornada!

O Que é a Disciplina?

Disciplina é obediência, firmeza e constância. É respeito as regras e deveres impostos.

Mas que regras e deveres?

Neste artigo estamos falando das regras que estabelecemos para nós mesmos com o objetivo de alcançarmos nosso sucesso e realização pessoal.

Não foi sem razão que o dramaturgo grego Ésquilo (524 a.C. — 455 a.C.) definiu poeticamente a disciplina como “a mãe do êxito”.

Muita coisa está em jogo quando falamos sobre a disciplina ou sobre a falta dela.

Partindo deste definição simples de disciplina – obediência, firmeza e constância – vamos investigar o que realmente significa “ter disciplina”.

A disciplina é a mãe do êxito. — Ésquilo
“A disciplina é a mãe do êxito.” — Ésquilo

O Que Significa “Ter Disciplina”?

Você já deve ter vivido uma situação assim: você tomou consciência da necessidade de mudar, começou a agir diariamente para isso, mas depois de algum tempo, dias ou semanas, voltou à estaca zero por falta de disciplina.

Por que isso acontece? Por que a disciplina que tínhamos simplesmente desaparece?

E a pergunta mais importante: o que podemos fazer em relação a isso?

O problema da força de vontade

A inconstância da disciplina deve-se, em muitos casos, a um “problema” com a nossa força de vontade: ela é um recurso limitado e se gasta conforme a usamos.

Essa limitação natural da força de vontade, descoberta por meio de muitas pesquisas científicas modernas, torna a disciplina flutuante.

A força de vontade fornece grande impulso para a ação num primeiro momento, mas conforme os dias passam ela vai diminuindo pouco a pouco até desaparecer.

Sabemos por experiência própria que não podemos confiar na força de vontade para manter nossa disciplina no médio e longo prazo.

A confiança excessiva na força de vontade pode estar acabando com os seus sonhos, como declaramos neste artigo do Mude.nu.

Mas como cultivar a disciplina sem colocar todas as nossas esperanças nela?

Disciplina, um jogo de conquista e reconquista

Não é possível tornar-se disciplinado de uma vez para sempre e nunca mais se preocupar com o assunto.

A conquista da disciplina é uma luta sem fim: em algum momento ela desaparecerá e precisaremos reconquistá-la.

Ela é um eterno jogo de conquista e reconquista.

Essa descoberta muda o entendimento que temos sobre o que é importante para a conquista da disciplina.

O que realmente importa não é aprender a “ser disciplinado”, mas a conservar a disciplina quando a temos e a recuperá-la quando não a temos.

Precisamos descobrir quais condições facilitam o surgimento e a continuação da disciplina e como criá-las.

Essas condições podem ser muito diversas e variar muito de pessoa para pessoa, mas algumas delas certamente são obrigatórias.

Vamos explorar duas dessas condições fundamentais. Preste muita atenção.

Está gostando do artigo?

Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos e com prioridade.

Duas Condições Para a Disciplina

Sabemos que a disciplina é fruto do esforço. Ela não nasce sozinha.

Mas o que possibilita a disciplina? Quais as suas exigências?

Enxergo duas condições indispensáveis:

  1. A Serenidade;
  2. O Senso de Propósito.

Essas duas condições formam o terreno no qual a disciplina pode nascer e crescer.

Vamos investigar cada uma delas.

1. A Serenidade e a Disciplina

A disciplina depende, em primeiro lugar, da paz.

Uma pessoa ansiosa e atormentada pela multidão de pensamentos torna-se incapaz de disciplina.

Para fazê-la nascer é preciso primeiro encontrar a serenidade – essa é a primeira condição para a disciplina.

As palavras de São Francisco de Sales (1567 — 1622) resumem bem por que a inquietação é incompatível com a disciplina:

Toda inquietação perturba a nossa razão e nos impede de fazer bem aquilo mesmo que nos inquieta. — São Francisco de Sales
“Toda inquietação perturba a nossa razão e nos impede de fazer bem aquilo mesmo que nos inquieta.” — São Francisco de Sales

Numa pessoa serena a disciplina pode nascer, crescer e dar frutos.

Se você quiser avançar em direção aos seus sonhos, precisará primeiro aprender a se acalmar.

2. O Senso de Propósito e a Disciplina

A segunda condição para o florescimento da disciplina é o senso de propósito.

“Disciplina para quê?”, você precisa se perguntar.

Se não temos motivos fortes para realizar os sacrifícios que a disciplina exige, tudo se torna mais difícil.

Por que acordar tão cedo, descansar tão pouco e trabalhar com tanta garra se, para além de todos esses esforços, não há nada especial para nós?

É preciso que tenhamos uma missão clara, um propósito nobre, a visão do bem que desejamos alcançar.

Esse é o “combustível espiritual” da disciplina. É dele que a disciplina se abastece.

No meu caso, como já falei em outros artigos, possuo um Plano de Vida bem definido e, ao menos para mim, glorioso. Meus olhos brilham sempre que o leio.

Você precisa possuir o seu Plano se quiser motivação para o trabalho disciplinado.

Se você quiser a minha ajuda para construir o seu Plano de Vida, aqui está o programa de coaching que você precisa. Será um prazer ajudar você.

Os Inimigos da Disciplina

A disciplina tem seus inimigos, coisas que a prejudicam ou a impedem de acontecer.

A ausência de serenidade e de um forte senso de propósito, como vimos acima, são dois deles, mas existem outros.

Você precisa conhecê-los para que possa se proteger. Vamos explorar alguns dos inimigos mais comuns da disciplina.

1. A sujeira e a desorganização

A diferença entre trabalhar em um ambiente limpo e organizado e em um ambiente sujo e desorganizado é gritante.

De alguma maneira a ordem e limpeza do ambiente contribui para a nossa ordem e clareza mental.

A organização do nosso escritório e mesa de trabalho têm grande impacto em nossa produtividade.

Se você se sente desmotivado para a “luta sem fim” que é a conquista da disciplina, comece combatendo a sujeira e a desorganização que o rodeia. Será um ótimo primeiro passo.

2. A mania de grandeza

É certamente mais fácil manter nossa disciplina quando estamos trabalhando em um projeto curto e simples do que em um projeto longo e complexo.

Por que então tantas pessoas insistem nos grandes projetos, mesmo sabendo das elevadas chances de fracasso?

Para mim, os grandes projetos tendem naturalmente ao fracasso: nos cansamos, perdemos o foco, nos falta a disciplina e terminamos abandonando o que queríamos fazer.

Há muito tempo tenho feito um esforço para trabalhar exclusivamente com projetos curtos, simples e cuja disciplina necessária para a conclusão esteja dentro dos meus limites.

Sim, nossa disciplina tem limites; e é importante conhecê-los. Com quais projetos a sua disciplina pode arcar?

O desejo desordenado de ser grande – a mania de grandeza – frequentemente coloca tudo a perder.

Tudo o que é feito com desejo de parecer extraordinário torna-se difícil, pesado e custoso.

A mania de grandeza nos desvia da objetividade que conduz todos os projetos ao sucesso. É sempre melhor manter as coisas simples e fáceis.

Se você deseja conhecer os segredos que farão de você um grande realizador de projetos, não deixe de estudar o meu guia Projetos: Os 4 Passos Para Conceber, Planejar e Executar.

3. A falta de uma disposição reflexiva

Nenhum propósito de mudança pode ser convertido em mudança efetiva se não se torna para nós objeto de constante meditação.

É apenas por meio de um contínuo processo de incubação que os propósitos podem incorporar-se à estrutura da nossa personalidade, modificando assim nossos hábitos e comportamentos – e nossa disciplina depende dos nossos hábitos e comportamentos.

Você já reparou como é fácil nos envolvermos com nossos pensamentos até ficarmos totalmente confusos?

Essa confusão nos torna preocupados e ansiosos; ela acaba com a serenidade, que é a primeira condição para a disciplina.

Como combater essa confusão que rouba a paz?

Aquiete-se. Todos os dias. Dedique algum tempo para ficar sozinho, livre de qualquer atividade. Medite.

Não estou falando necessariamente da meditação que importamos da tradição budista e hindu e que tem feito enorme sucesso no Brasil. Isso não é necessário, se você não quiser.

Minha sugestão é mais simples: sente-se em um lugar tão silencioso quanto possível, faça silêncio e realize um retorno ao seu estado mais elevado e espiritual.

Não precisamos de um método específico para isso. Use o que lhe faz bem ou não use nada e apenas fique quieto.

O que queremos com essa prática é descansar a mente e o espírito e livrá-los da multidão de pensamentos que corrompe as nossas boas iniciativas com dúvidas e medos.

Está gostando do artigo?

Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos e com prioridade.

Regras Fortalecedoras e Viáveis, Uma Estratégia Para a Disciplina

Uma das estratégias que uso para manter uma vida minimamente disciplinada são as Regras Fortalecedoras e Viáveis.

Trata-se de estabelecer ações mínimas com as quais preciso me comprometer diária ou semanalmente.

Essas Regras ou ações precisam ser:

  1. Fortalecedoras. Uma Regra fortalecedora é uma ação que está em sintonia com o meu Plano de Vida e que me leva adiante na realização dele.
  2. Viáveis. Uma Regra viável é uma ação mínima e possível, considerando meu ritmo de vida e as responsabilidades que tenho num dado momento.

Em resumo: as Regras Fortalecedoras e Viáveis definem o mínimo que preciso fazer para me assegurar de que estou fazendo progresso na direção que desejo.

O homem indisciplinado é sempre infeliz. — André Valongueiro
“O homem indisciplinado é sempre infeliz.” — André Valongueiro

Exemplos reais de Regras Fortalecedoras e Viáveis

Vejamos alguns exemplos reais de Regras Fortalecedoras e Viáveis que possuo atualmente:

  1. Caminho para me tornar “um escritor com publicações regulares” quando escrevo todas as manhãs por, no mínimo, 1 hora.
  2. Caminho para me tornar “um intelectual com grande amplitude de conhecimento” quando estudo, no mínimo, 30 minutos por dia com base no meu plano de estudos.
  3. Me aproximo de possuir um “Inglês fluente” quando, todos os dias, por 30 minutos, ouço audiobooks ou leio livros em Inglês sobre desenvolvimento pessoal, motivação, empreendedorismo e temas relacionados.

Essas regras modificam-se de tempos em tempos, de acordo com o momento que estou vivendo e com as modificações feitas em meu Plano de Vida.

As expressões entre aspas – “um escritor com publicações regulares”, “um intelectual com grande amplitude de conhecimento” e “Inglês fluente” – são expressões retiradas diretamente do meu Plano de Vida.

Dessa forma, as Regras tornam-se orientações práticas simplificadas para que eu possa avançar em meu Plano.

Se você ainda não tem um Plano de Vida cuidadosamente desenvolvido, eu recomendo fortemente que você o desenvolva.

Não negligencie a importância de saber exatamente o que você quer da vida.

Se você precisar de ajuda para construir o seu Plano de Vida, eu posso ajudar você pessoalmente: aconheça o programa de coaching Vida: Propósito, Sentido e Direção.

3 Técnicas Para Manter a Disciplina

Quando falamos sobre disciplina estamos, de maneira geral, nos referindo a capacidade de sermos consistentes e de fazer tudo com início, meio e fim.

Ao longo dos anos aprendi vários pequenos truques que me ajudaram muito a cumprir projetos e realizar sonhos.

Quero compartilhar algumas dessas pequenas estratégias práticas com você. Elas podem fazer a diferença.

1. Faça pausas entre suas atividades

Disciplina é foco. E nossa capacidade de foco é um recurso limitado que vai diminuindo conforme a usamos.

Você já deve ter percebido que o nosso foco é maior em certos momentos. A maioria de nós experimenta uma capacidade de foco que está alta pela manhã e vai declinando ao longo do dia.

Se quisermos preservar nossa capacidade de foco para fazê-la durar mais e manter-se mais estável ao longo do dia, o uso estratégico das pausas é uma técnica excelente.

O objetivo é dar descanso à nossa capacidade de foco, permitindo que ela se recupere um pouco antes de a usarmos novamente.

Muitas pessoas debruçam-se sobre uma ou várias atividades sem interrupções, o que faz com que elas sintam-se cansadas mais rapidamente e experimentem uma queda de produtividade ao longo do dia.

Alternar períodos de trabalho focado com pequenas pausas para olhar pela janela, tomar um café, ouvir uma música, ir ao banheiro ou conversar com um colega podem fazer toda diferença.

E se você está receoso de que essas pausas levem você à negligenciar seu trabalho ou se transformem numa forma sutil de procrastinação, estude o meu guia 5 Simples Passos Para Trabalhar Com Máximo Foco e Eficiência para aprender a fazer um uso inteligente dessas pausas.

2. Faça caminhadas

Entre outubro de 2017 e março de 2018, período em que morei no Sudeste Asiático, desenvolvi naturalmente um estilo de trabalho que me fez muito produtivo.

Todas as manhãs depois de acordar e cumprir minha rotina matinal, eu me dirigia para um dos vários cafés próximos ao meu apartamento para trabalhar.

Eu pedia um café ou uma bebida qualquer e permanecia trabalhando por aproximadamente 2 horas.

Depois desse tempo eu caminhava até o próximo café, restaurante, shopping ou parque e começava a trabalhar novamente.

Foram dias mágicos, repletos de satisfação e uma excelente produtividade. Escrevi alguns dos melhores artigos deste blog durante esse período.

As caminhadas me faziam esquecer por um tempo as dificuldades do trabalho, me divertiam com o espetáculo dos asiáticos realizando suas atividades cotidianas e com a variedade dos cenários de uma nova cidade e renovavam meu ânimo e minha motivação.

Muitas dessas caminhadas eram feitas sem rumo e terminavam quando eu encontrava algum local interessante para comer ou beber algo e trabalhar um pouco mais.

Além do benefício psicológico, as caminhadas produziam endorfina, o “hormônio do prazer”, e me geravam uma grande sensação de bem-estar.

Desde então tenho experimentado esse estilo de trabalho em todos os lugares onde estou, inclusive na minha cidade natal, Recife, onde estou escrevendo este artigo agora.

Experimente. Faça das caminhadas uma ferramenta para a melhoria da sua produtividade. Você não precisa estar viajando para fazer isso, há muitas rotas desconhecidas na sua própria cidade: explore-as, procure locais diferentes para produzir.

3. Estabeleça uma rotina matinal

Possuir uma rotina matinal é a melhor maneira de começar o seu dia de maneira disciplinada.

Ao seguir uma sequência de ações simples e estrategicamente pensadas você poderá entrar em “modo produtivo” sem grandes esforços.

Não é à toa que considero a formulação de uma nova rotina matinal a mais efetiva estratégia para quem deseja começar a mudar de vida.

A minha atual rotina matinal é a seguinte:

  1. Oração espontânea de agradecimento;
  2. Beber um copo d’água;
  3. Tomar um banho frio;
  4. Preparar um café com manteiga e óleo de côco (bullet proof coffee);
  5. Escrever para este blog ou para o Mude.nu (uma Regra Fortalecedora e Viável, lembra?);
  6. Preparar o café da manhã.

Tudo o que você precisa para desenvolver sua nova rotina matinal está no meu guia 5 Passos Simples Para Você Criar Uma Rotina Matinal Épica e Começar a Revolucionar Sua Vida.

Uma vida épica é composta por dias épicos, e cada dia inicia com uma nova manhã.

Isso significa que reformular a maneira como você dá início aos seus dias deve ser o seu ponto de partida para a conquista da disciplina.

Está gostando do artigo?

Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos e com prioridade.

Um Livro Que é Uma Aula Sobre Disciplina

Estou relendo um livro espetacular. Ele é uma aula sobre disciplina de um dos maiores escritores de todos os tempos.

O livro chama-se Sobre a Escrita, do Stephen King e é um dos melhores livros que já li na vida.

A grande maravilha desse livro é que o próprio King nos conta todo o passo a passo do seu método de trabalho para conceber, escrever e publicar um livro.

Seus hábitos de trabalho, suas técnicas de produtividade e suas estratégias para lidar com o bloqueio criativo são apresentados detalhadamente.

King nos fala sobre os segredos da sua disciplina pessoal, uma disciplina que o levou a escrever, até o momento, 204 livros, que venderam mais de 400 milhões de cópias e foram publicados em mais de 40 países.

Ainda que a escrita não seja o seu trabalho ou o seu interesse principal, esse livro merece a sua atenção.

Ele é uma aula prática de disciplina e está repleto de idéias valiosas de um grande gênio. Leia.

Conclusão: Não Descuide da Sua Disciplina!

Fico feliz que você tenha chegado até aqui. Isso é prova do seu comprometimento com o sucesso. Parabéns!

Espero que este guia tenha aumentado o seu entendimento sobre as sutilezas da disciplina e que as técnicas sugeridas sejam colocadas em prática por você.

Muita coisa está em jogo quando o assunto é disciplina. Não seja descuidado com ela, isso pode lhe custar caro.

Dúvidas? Deixe um comentário abaixo e terei prazer em ajudar você. Respondo 100% dos comentários que recebo!

Compartilhe este guia com seus amigos e contatos. Ele pode significar o início de uma grande mudança na vida das pessoas que você ama e quer bem.

Se você deseja ir além do que aprendeu e quiser a minha ajuda para isso, eu encorajo você a passar por um processo de coaching comigo. Posso fazer de você uma pessoa altamente disciplinada e capaz de conquistar tudo o que sempre sonhou!

Clique na imagem abaixo para obter todas as informações e agendar uma primeira sessão gratuitamente!

Coaching com André Valongueiro

16 Comentários


  1. André esse seu artigo é muito valioso , risquei as palavras chave , vou colocar num mural e de alguma forma colocar em prática . Admiro seu trabalho , muito , embora eu tenha um trabalho legal , sinto que quero algo mais , ainda não sei exatamente o que é , mas estou na busca . Estou caminhando , buscando , encontrando . Todo dia ! Grande abraço !Claudia Borone

    Responder

    1. Obrigado, Claudia. Espero que já esteja caminhando disciplinadamente na direção do que deseja, seja lá o que for. Sucesso e conte comigo para o que precisar!

      Um abraço!

      Responder

  2. Ótimo artigo, André! Fiquei feliz ao ler e perceber que várias das informações que você passa no texto hoje são realidade para mim. Confesso que demorou um bom tempo para a “ficha cair”, mas é maravilhoso o progresso!
    Abraços!

    Responder

    1. Obrigado, Roberta! Quanto tempo!

      Bom saber do seu progresso e dessa “ficha” que caiu. Não deixe de conferir os artigos anteriores, publiquei coisas muitas boas nos últimos meses. Aproveita tudo!

      Um abraço e fique sempre por perto!

      Responder

  3. Prezado André

    Obrigado pelo seu artigo. Muito útil e inspirador!

    parabéns. Abraços.

    Responder

    1. Obrigado, Jeferson!

      Espero que utilidade e inspiração do artigo te façam melhorar ainda mais. Fique sempre por perto e conte comigo para o que precisar!

      Um grande abraço!

      Responder

  4. Ótimo texto como sempre André.

    Cara, uma dúvida não exatamente sobre o texto. Você fala nas suas Regras Fortalecedoras, sobre 2 blocos de estudo de 30m. Confesso, que na minha cabeça, um tempo desse não era relevante como estudo.

    Você tem alguma informação sobre isso? É bom saber que é.

    Abraço.

    Responder

    1. Felipe, a coisa é ainda mais “estranha”: eu não falei em “dois blocos de estudo de 30 minutos cada”, mas apenas em “30 minutos por dia”.

      Vale lembrar que uma Regra Fortalecedora e Viável define, como falei, “o mínimo que preciso fazer”. Em geral estudo mais de 30 minutos por dia, principalmente se eu considerar o tipo de trabalho que tenho, mas estabeleço essa regra para me comprometer em estudar 30 minutos por dia mesmo naqueles dias nos quais estou muito ocupado ou mesmo “sem saco” para atividades intelectuais.

      Sobre esse tempo de estudo ser relevante ou não é muito relativo. Por exemplo: se alguém está estudando para um concurso público esse tempo certamente não é suficiente, mas 30 minutos de leitura de uma obra complexa e densa é suficiente para aprender muita coisa ou obter material para meditar por muitos dias. Tudo depende do tipo de estudo que se está fazendo. Um diálogo de Platão, por exemplo, é difícil de ser lido e interpretado, então é necessário caminhar pouco a pouco se o leitor quiser realmente entender o que o Platão ou Sócrates estão querendo dizer.

      Além do mais 30 minutos de estudo é infinitamente melhor do que nenhum estudo. Pegue seus 30 minutos e seja feliz!

      Um abraço!

      Responder

  5. E aí, o que achou do conteúdo? Quero muito ouvir sua opinião ou ajudar você com suas dúvidas. Deixe um comentário e vamos conversar!

    Um abraço!

    Responder

    1. OH MY GOD! Andrééé! Que conteúdo inspirador e tão completo, estou maravilhada mais uma vez!

      Acabei de terminar a primeira leitura e amanhã pela manhã farei uma segunda leitura. Já tenho algumas dúvidas, mas vou esperar até amanhã, pois elas podem desaparecer com a segunda leitura. Por agora eu quero somente te parabenizar e agradecer por mais um artigo excelente. Me tornei uma pessoa melhor despois que comecei a ler seus artigos e suas publicações no Instagram.

      Um beijo e muito sucesso pra vc!

      Responder

      1. Obrigado, Cecília!

        Como foi a segunda leitura? Já aconteceu? Será um prazer ajudar você com suas dúvidas e dificuldades. Estou à disposição. Sucesso!

        Responder

    2. Boa tarde! Muito obrigada, André! Gostei muito do conteúdo apresentado e já estou seguindo suas dicas, iniciando pela Rotina Matinal e aos detalhes dos próximos passos na conquista dos meus objetivos para este ano de 2018. Foi de grande valia para mim estas suas palavras. Feliz semana! Forte abraço! Att.: Ana Claudia Melo

      Responder

      1. Bom dia, Ana Claudia!

        Fico feliz que tenha tomado a decisão de colocar em prática minhas sugestões. Torço para que lhe tragam bons resultados e muita satisfação. Fique sempre por perto!

        Um abraço e sucesso!

        Responder

    3. Ótimo texto, André! Também sou de Recife. Vamos marcar um café e falar da vida, do universo e tudo mais? Claro se sua agenda permitir. Abs!

      Responder

      1. Obrigado, Marcelo! Feliz que tenha gostado. Legal ver gente do Recife por aqui!

        Entra em contato comigo através da página Contato e podemos tentar marcar um café sim. Será um prazer. Mas não demora muito, pois minha temporada no Recife não deve durar muito e logo devo partir para novas aventuras.

        Um abraço e tudo de bom!

        Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *